Imagem
Foto/Imagem RRC

Rádio Sociedade promove dia de solidariedade

A 6ª edição da ação social foi realizada na Praça da Kalilândia, nesta segunda-feira (9)

Solidariedade e cidadania. Essas foram as palavras de ordem durante a ação social realizada pela Rádio Sociedade AM, na Praça da Kalilândia, nesta segunda-feira (9), a “Sociedade em Ação”. Este ano, na 6ª edição, a “Sociedade em Ação” reuniu o Sac Móvel, Hemoba, cabeleireiros, Centro Médico dos Remédios, INSS, Embasa, H-Olhos, massagem, Pastoral da Criança, Hospital Dom Pedro, banco de leite do Hospital da Mulher. Segundo o coordenador da Rádio Sociedade AM, Beto Moreno, a proposta foi ofertar em um único dia e lugar os serviços que as pessoas têm necessidade diariamente. Dona Maria Ivone Pereira, 57, frequenta a ação há dois anos. Enquanto aguardava a consulta oftalmológica, ela deixou claro a sua admiração pelo projeto. “Além de ser bem organizado, somos muito bem tratados aqui. (...) Espero que vocês possam nos atender durante muitos anos”, afirma. De acordo com Lourdes Rocha, coordenadora do setor religioso da Rádio Sociedade, um dos objetivos da ação é levar a rádio até o povo. Dessa forma, a estrutura montada para a apresentação dos programas direto do local, permitiu que o público ficasse mais próximo dos apresentadores. Valdelice de Lima Mascarenhas, 51, realizou seu sonho ao ver de perto o radialista Aldo Matos. “Eu estava passando com uma amiga minha e ai ela me convidou para vir aqui. E ai eu ouvi a voz dele. Era meu sonho conhecer ele. Agora eu ganhei meu dia. Vou chegar em casa com novidades”, conta. Stands A movimentação foi intensa em todos os stands. No SAC Móvel, por exemplo, as 70 senhas disponibilizadas esgotaram ainda no início da manhã. No stand de enfermagem da FTC (Faculdade de Tecnologia e Ciência) foram realizados 100 testes de glicemia capilar, aferidas 200 pressões arteriais e distribuídos 300 preservativos. A Pastoral da Criança, que atende a crianças e gestantes, conseguiu assinatura de 65 visitantes. Neide Barreto é coordenadora do SAC Móvel e para ela este tipo de realização é importante para a cidade. “Apesar de Feira de Santana ter dois postos de SAC, a demanda é grande e tem muita gente que não tem condição financeira de fazer o pagamento. Então essas pessoas aproveitam esse momento para vir fazer os seus documentos sem custo”, diz.          


Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!